O Músico Gilberto Oliveira, será Padrinho do Festival de Música Popular Brasileira em Montevidéu

gilberto_oliveira_rio_grande_perfil

O Músico Gilberto Oliveira, será Padrinho do Festival de Música Popular Brasileira em Montevidéu

Hermanas e hermanos dessa nossa vida cisplatina.

gilbero_oliveira

O nosso Maestro Gilberto Oliveira será padrinho do Festival de Música Popular Brasileña, em Montevidéu.

Depois da apresentação da ópera-rock Capitão Rodrigo – A Saga de um Homem Comum, na Feira do Livro de Porto Alegre, ele vai correndo para o aeroporto e parte rumo ao Uruguai.

Lá, além das homenagens pela brilhante trajetória deste pupilo de Nico Assumpção, formado em Cuba, o nosso ilustre fará dois shows do seu último trabalho: Cordas pra que te quero.

 

gilbero_oliveira_baixista

 

É o reconhecimento de um talento e alicerce da música sul-brasileira que tem profunda influência como multi-instrumentista e tutor de grandes nomes da cena contemporânea.

Todo nosso aplauso e honrarias para este ser humano generoso que nos brinda diariamente com uma vivacidade ímpar e uma musicalidade divina.

Nos ensaios da Capitão Rodrigo carinhosamente a banda grita:

  • Salve, Mestre Giba!!!! Salve!!!
gilbero_oliveira_djavan

Giba ao Lado de Djavan

Mais informações sobre o Festival:

http://festivaldempb.blogspot.com.br/

Conheça mais deste Magnífico Artista

Natural da cidade gaúcha de Rio Grande, Gilberto Oliveira começou a carreira de músico autodidata no final da década de 1970.

Com sua aptidão natural para a música, Gilberto logo se destacou como intérprete de MPB no circuito de bares, bailes, festivais e desfiles carnavalescos da região.

Seu interesse pela música, entretanto, o levou ao estudo formal e Gilberto logo em seguida iniciou seus estudos de violão clássico, tendo como primeiro mestre o professor Jorge Mello.
A partir daí, Gilberto tornou-se estudioso da música tendo, ao longo dos anos, estudado com grandes mestres como Eduardo Castañera, Ary Piassarollo e Nico Assumpção.
Não tardou para que ele passasse a conciliar suas apresentações artísticas com uma carreira de professor de música. Além de receber seus alunos em seu próprio ateliê musical em Rio Grande , Gilberto foi professor da tradicional Escola de Belas Artes Heitor de Lemos, de Rio Grande, por 20 anos.

eduardo-Ferreira-e-Gilberto-Oliveira

 

Músico profissional completo, Gilberto Oliveira é guitarrista, violonista, baixista, cantor, compositor, arranjador, diretor e produtor musical.
Reconhecido por imprimir seu estilo marcante na sua música e nas músicas dos artistas que produz.
Ao longo de sua carreira, Gilberto  teve a oportunidade de dividir o palco e gravar com vários artistas brasileiros e estrangeiros.
Atualmente, Gilberto desenvolve um trabalho próprio de música instrumental e quando perguntam seu estilo musical costuma dizer “World Music”.
Gilberto trabalha também com vários artistas como instrumentista, arranjador e diretor musical e segue atendendo seus alunos nas cidades de Rio Grande e Porto Alegre.
gilberto_oliveira_rio_grande-150×150

Show em Rio Grande

Artistas brasileiros

Artistas estrangeiros

A cantora americana Jane Blackstone, o pianista americano Verner Vana, A cantora americana Sandy Sasso, e o pianista Gladstone Trott, o pianista americano Cliff Korman, a cantora americana Roseanna Vitro (indicada ao Grammy 2012 na categoria de Melhor Cantora de Jazz) e o pianiste Allen Farnham, o guitarrista sueco Tomas Janzon, a trompetista holandesa Saskia Laroo, e o pianista Warren Byrd, o trombonista inglês Mark Mulley, a cantora americana Kat Parra e o pianista Murray Low, a cantora uruguaia Mariana Moraes, entre outros.

Em 1994, Gilberto participou com a dupla Irka Mateo e Tadeo De Marco no 15º Festival de Jazz de Montreal, no show “Três Américas”, participou também na gravação do CD da dupla.

festival-de-música-em-Montevidéu-com-Gilberto-Oliveira

gilbero_oliveira_sambista

Influências

Gilberto Oliveira é representante e amante da Música Brasileira, sendo um legítimo representando da geração de artistas brasileiros que embarcaram em suas carreiras musicais embalados pelos anos de ouro da MPB de Chico Buarque, Caetano Veloso, João Bosco, Djavan, Milton Nascimento, Filó Machado, entre tantos outros.
Gilberto também encantou-se com a pluralidade de ritmos e estilos trazida por Gilberto Gil que o inspirou ao aprofundamento em diferentes estilos como Reggae, Pop, Rock, e ritmos latinos e africanos.
Como instrumentista, Gilberto também seguiu a trilha do Clube da Esquina, com destaque para o guitarristaToninho Horta, a partir do qual desbravou os caminhos da World Music e do Jazz contemporâneo, passando a observar grandes músicos como Pat Metheny, Al Di Meola, Jaco Pastorius, Paco de Lucía, Stanley Clarke, entre outros.
No cenário nacional, Gilberto procurou estar sempre sintonizado com os grandes instrumentistas brasileiros, à começar pelo grande Hermeto Pascoal, passando por Egberto Gismonti, Nelson Faria, Ricardo Silveira, Arismar do Espírito Santo, Arthur Maia e o Cama de Gato, e em especial o saudoso Nico Assumpção de quem Gilberto foi pupilo.

gilberto_oliveira_rio_grande_perfil

Posted on 10 de novembro de 2015 in artigos, capitão rodrigo, festivais

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top